segunda-feira, 26 de abril de 2010

O frio está voltando..



A lembrança do inverno passado não parece nítida neste momento, talvez por que ela deva permanecer guardada e esquecida em seu passado.
O ontem já parece tão distante, seus sorrisos e choros também.
Agora é o momento certo de estar sozinha, desta vez não será necessário que me aqueça.
Comprei um bom cobertor, vai servir de proteção, enquanto penso sobre como sobreviver na chegada da estação.
Está na hora, este é o tempo, enquanto o vento sopra a chuva, enquanto a temperatura cai delicadamente, enquanto este último ano de dúvidas passa pelo calendário, me encontro eu aqui, fechada em meu quarto, em meu mundo, viajando em pensamentos e hipóteses, tentando desenhar e montar algo que só posso imaginar, tentando dar um rumo pra uma vida da qual penso ter controle.
Não busco mais respostas e sim saídas.
Uma fuga das tempestades sim, deixe apenas o frio chegar.
Agora não posso, devo dar o melhor de mim, agora não tenho permissão de desistir.
É tão estranho olhar o passado, eu me pergunto como consegui seguir a diante em meio a tantas confusões.
Mas isso tudo agora me parece fácil, aquele desespero parece exagerado.
Conto comigo, um, dois, três, passou..!
Amanhã nova contagem, talvez um pouco maior, mas tem seu fim.
Não é pra sempre, por mais que pareça, tem um fim.
Não é egoísta da minha parte, não sair desesperadamente á procura de um amor.
Existem muitos tipos de amor, estou aprendendo a me amar, tenho também a minha família, amigos e dois caninos incomparáveis.
Devo estar triste por não amar nenhum rapaz?
Porque?
Não vou desperdiçar um sentimento tão puro, pra satisfazer a vontade alheia, não vou mentir, não preciso enganar, não estou aqui pra provar nada a ninguém.
Este é um tempo só meu, um tempo pras minhas coisas, um tempo pra deixar em ordem a minha vida, o meu hoje e o meu amanhã.
As surpresas da vida são sempre melhores, as surpresas da vida ficam pra sempre.
Elas não tem prazo, nem validade, não tem um dia certo de fabricação, elas chegam assim como uma chuva que não avisa, que surpreende os meteorologistas, se transforma em sol, depois em um vento ameno.., e assim vão ficando em nossas vidas, intrusas apaixonantes, eternas surpresas.
O processo de conhecimento pode levar uma vida, uma pessoa nunca deixa de ser interessante, se você realmente ter paciência e dedicação a conhecê-la.
As pessoas são apaixonantes, mas não mostram-se realmente, se protegem, atrás de multidões, atrás de mentiras, atrás de conceitos, atrás de pré-conceitos, atrás do medo.
Medo da opinião, medo da rejeição, medo de não agradar sendo o que realmente é.
Mas como se pode amar alguém e se permitir ser verdadeiramente amada, se não se aceitar primeiramente?
Se não permitir as pessoas realmente conhece-la e não se dedicar a conhece-los?
Infelizmente poucos sabem o que é amar hoje em dia.
Estão sempre “amando” em suas concepções, mas no dia seguinte acabou-se o amor.
É por isso que não quero, neste momento, desperdiçar um segundo, desperdiçar uma palavra, desperdiçar um olhar que seja, se não for de verdade.
Estou fugindo de todo e qualquer tipo de mentira, estou fugindo das comodidades, das falsidades, dos prazeres momentâneos não satisfatórios, estou fugindo do que estão querendo chamar de amor.Pois um dia, um mês, um ano, não basta, não é o suficiente para conhecer, julgar e sentenciar alguém.
Deixe o frio embalar essa e as tantas noites precisas, até que então o calor possa verdadeiramente aquecer.
Deixe a música contar os dias, deixe o céu dar o tom necessário a cada amanhecer.
Deixe o desafio aumentar, apimentar a vida.
Deixe meu olhar lhe contar, em um breve instante, a história de minha vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário







"Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente. A gente muda o mundo na mudança da mente. E quando a mente muda, a gente anda pra frente E quando a gente manda, ninguém manda na gente. Na mudança de atitude não há mal que não se mude, nem doença sem cura.Na mudança de postura a gente fica mais seguro.Na mudança do presente a gente molda o futuro.."


Gabriel o Pensador