quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Alerta de PERIGO!

Hoje à tarde, estava eu em casa , sozinha, nada para fazer , peguei no jornal e fui ler.
Folheei lentamente as páginas e em todas elas as mesmas notícias , as mesmas tragédias e o mesmo vilão.
Um nome apenas em todos os lugares , um nome apenas em todas as famílias , um nome apenas que se espalha pelo mundo , como uma doença contagiosa , que deixa rastros de tristeza , destruição , de um vazio que não se preenche.
Todos o querem chamar de CRACK?!
Mas o crack não faz tantos estragos sozinho..
Por que culpar somente um por tantos danos?
O nome de tudo isso resume-se a drogas!
Mas por que será que ainda ontem nada disso era tão falado?
A sociedade se escondia?
Ou tentava ignorar a verdadeira realidade?
Cada um escondendo seus problemas particulares , varrendo-os para o tapete. Mas lá em baixo a poeira crescia.
Hoje , ao sair às ruas , vejo passeatas , palestras , panfletos , notícias , campanhas , tudo sobre o crack , mas por que tudo isso só agora?
Sempre deixamos para a última hora , até a última gota , quando o problema torna-se um monstro.
Durante tanto tempo estas drogas estiveram ai , e nada se fez , mas agora que já não se pode esconder , algo se tem que fazer!
Isso acontece quando não se dá atenção a coisas tão sérias.
Hoje é um caminhão desgovernado , sem freios , atropelando a todos que passam por sua frente.
Os usuários de drogas , normalmente, procuram um motivo para usa-las , querem justificar-se por jogar suas vidas fora?
Querem explicar o por que de tanto egoísmo e imaturidade?
Dar-nos a prova do quão fracos são?
A vida não é fácil pra ninguém , todos nós temos problemas , todos tropeçam , erram , perdem , faz parte da vida.
A pessoa não pode simplesmente se entregar ao primeiro , segundo, ..., tombo que levar.
Viver é difícil sim , mas não devemos desistir , pois no final você colherá o que no passado plantou.
A droga não exige idade , classe social , cor , time , opção sexual, partido, nacionalidade, religião, ..., ela transforma a todos que por ela se deixarem levar, ela acaba com a vida da pessoa em pouco tempo.
Mesmo com tanta informação , mesmo falando, mostrando , gritando, aumentam cada vez mais os números de usuários de drogas.
Controle?
Não existe controle sobre isso .
O ser humano tem a mania da teimosia, de fazer o proibido, o que não deve.
Mas depois da primeira vez ,uma sensação fascinante , algo que eles querem mais .
Isto tudo não pode acabar , eles precisam , querem , acaba virando uma rotina, uma dependência , um vicio .
Eles agora vivem por aqueles segundos.
Não se lembram do mundo , não se importam mais com a vida.
Um grande e complicado labirinto , que poucos conseguem sair a tempo.
Os familiares tornam-se estranhos , o corpo perde as forças , o sentido , a lucidez .
Quem eles eram , já não são mais , outros roubam seus lugares , a droga tira a pessoa de si.
A agressividade se reflete , pessoas descontroladas , dispostas a tudo pelo seu “momento de paz”. Alguns tentam desesperadamente voltar , mas isto é uma doença difícil de se curar.
O organismo necessita da toxina.
Efeitos colaterais , alguns ficam presos naqueles segundos pra sempre.
A vida é algo tão raro e especial , se pretende joga-la fora , é por que não é digno dela.
Pois uma droga só acaba com uma vida se a pessoa permite que isso aconteça.
É preciso muita força pra sair , mas nada é impossível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário







"Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente. A gente muda o mundo na mudança da mente. E quando a mente muda, a gente anda pra frente E quando a gente manda, ninguém manda na gente. Na mudança de atitude não há mal que não se mude, nem doença sem cura.Na mudança de postura a gente fica mais seguro.Na mudança do presente a gente molda o futuro.."


Gabriel o Pensador