segunda-feira, 26 de julho de 2010

Lugares,,

As vezes eu tenho uma nítida sensação de que certos lugares me reclusão.

A minha chegada é recebida com um tempo fechado, nuvens grossas, vento forte, água gelada e nervosa caindo do céu.
Inúmeras coisas insistem em acontecer justamente quando chego naquele local, coisas que não deveriam estar acontecendo.
No inicio eu penso que não deveria estar ali, que foi tudo um grande erro, melhor juntar minhas coisas e simplesmente partir, voltar pro lugar de onde vim e deixar tudo se ajeitar.
Mas de repente parece muito óbvio pra se acreditar.
Os lugares tem suas maneiras de dar boas vindas e mostrar que não são fáceis, que se realmente está disposta a compreende-lo nenhum tempo ruim, nenhum temporal, nenhuma adversidade vai te impedir de explorar.
Se conseguir sobreviver a tempestade, talvez ele se sinta seguro a mostrar a beleza de seu sol, de seu céu azul e de sua noite estrelada.
Eu insisto em ver tudo com meus olhos, com a minha percepção, mas cada um enxerga a mesma coisa de maneiras diferentes.
E ai está a beleza.
Hoje não abriu sol, mas gostei daquele vento, gostei do dia surpresa, do qual não se sabe se vai chover.
Gostei do friozinho levemente congelante.
Sem falar que esse tempo descongestiona a rua, tira aquela aglomeração de pessoas e permite um novo olhar a cada detalhe da paisagem.
Permite uma conversa mental um tanto pretenciosa com o espaço a sua volta.
Quem sabe as histórias que uma árvore tem a contar?!
E um cachorro andarilho, alegre e convidativo.
A areia fofa e o mar agitado..
Quem consegue decifrar cada olhar, cada gesto, cada abraço, cada respiração?!
Este lugar que a pouco me recebia como uma visita indesejada, vou leva-lo comigo, cada canto, cada sensação, vai deixando a saudade e uma próspera estação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário







"Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente. A gente muda o mundo na mudança da mente. E quando a mente muda, a gente anda pra frente E quando a gente manda, ninguém manda na gente. Na mudança de atitude não há mal que não se mude, nem doença sem cura.Na mudança de postura a gente fica mais seguro.Na mudança do presente a gente molda o futuro.."


Gabriel o Pensador