sábado, 24 de julho de 2010

Músicas..

Eu praticamente nasci ouvindo musica.

Não desenvolvi nenhum tipo de dom pra ela, como tocar um instrumento, ou cantar, bem que eu tentei, mas logo me conformei.
Mas hoje em dia eu sei, nasci simplesmente pra escutar, pra degustar poesias e melodias, cada uma própria pra um momento, cada uma embalando um instante, um temperamento.
O que é uma música pra mim?
O casamento de letra e melodia.
Música não é simplesmente pegar um monte de palavras, sacudir, jogar no papel, por uma melodia pronta e sair cantando com suas roupas esquisitas e um “ei ei” pra embalar.
É muito mais que isso, não é um produto pra vender, não é moda, não é estilo, é emoção.
Eu me conformei, eu sei que não tenho talento pro ramo musical, mas tem muita gente que não percebeu que também não tem..
Eu não tenho preconceito algum com nenhum estilo musical, contanto que eles sejam realmente músicos, que eles saibam passar uma mensagem e fazer da letra e melodia algum sentido, conseguirem passar algum sentimento pra quem escuta.
E por isso que eu gosto tanto das músicas antigas, tem personalidade, são mais originais, tem conteúdo, tem essência.
As musicas de hoje são apelativas, qualquer um acha que pode ser cantor e o que me deixa mais irritada nisso tudo é que pessoas que realmente tem talento não são reconhecidas por serem independentes, por não se permitirem ser fantoches de produtoras e patrocinadores, por não serem logotipos ambulantes.
Com isso aqueles seres sem criatividade, sem talento, vestem umas roupinhas da moda, bagunçam o cabelo, cantam um monte de porcaria, com um fundo eletrônico, muitos ainda ousam dizer que são uma “banda de rock”.
Eu não sei se é pra rir da palhaçada que estão fazendo com a música, ou pra chorar da eterna decadência.
Em um barzinho da cidade estão músicos muito mais talentosos e originais que estas bandas, mas permanecem no anonimato.
Será que a musica hoje significa somente dinheiro?
Por que no rádio toca sempre a mesma coisa?
Tem que ser bonitinho e estar na moda pra fazer sucesso?
Deve-se fazer musicas sem nexo, iguais e apelativas pra ser uma “estrela”?
Todo estilo musical é bom, contanto que seja original e tenha realmente um conteúdo e não um monte de lixo.
Infelizmente o dinheiro manda e só quem obedece permanece.

Um comentário:

  1. É isso ai. Música é bem mais do que uma letra sem sentido e uma melodia qualquer e mal elaborada. A exemplo do que consideram música é o rebolation (acho que se escreve assim). Isso não é música é um projeto mal elaborado de algo que virou rite por puro comodismo e efemerismo que estamos tendo nos dias atuais.
    A sociedade é pouco seletiva e quase não seleciona o que se ouve, na verdade não só o que se ouve como outras coisas também.

    ResponderExcluir







"Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente. A gente muda o mundo na mudança da mente. E quando a mente muda, a gente anda pra frente E quando a gente manda, ninguém manda na gente. Na mudança de atitude não há mal que não se mude, nem doença sem cura.Na mudança de postura a gente fica mais seguro.Na mudança do presente a gente molda o futuro.."


Gabriel o Pensador