quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

a menina sorria

No retrato sobre a escrivaninha
Aquela pequena menina sorria
Com uma bola colorida em suas mãos

Cabelos loiros
Presos em uma fita
Olhar sereno , ingênuo , não exita .

Aquele dia não é lembrado
Foi apagado da memória
Da menina já crescida

Mas aquele instante
Foi congelado , capturado
Por uma velha máquina
Em uma bela fotografia

Que hoje repousa na escrivaninha
No retrato onde a pequena menina sorria

Eram tempos de alegria
De criança
De amor
De magia

Eram tempos de inocência
De boneca
De menina

Aquele sorriso
Hoje só tem vida em uma velha fotografia
Parou no tempo
Não quis crescer
Ficou junto da menina

Que hoje já crescida
Procura-o sem cessar
Mas só o consegue achar
Naquela velha fotografia

Foi congelado , paralisado
Vem somente desejar-lhe um
Bom dia .

Nenhum comentário:

Postar um comentário







"Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente. A gente muda o mundo na mudança da mente. E quando a mente muda, a gente anda pra frente E quando a gente manda, ninguém manda na gente. Na mudança de atitude não há mal que não se mude, nem doença sem cura.Na mudança de postura a gente fica mais seguro.Na mudança do presente a gente molda o futuro.."


Gabriel o Pensador